História

Rossi, há 122 anos fazendo parte da história de Petrópolis e do Brasil.


Final do Século XIX

Chegam ao Brasil, oriundos da cidade de Lucca (capital da província de mesmo nome ao norte da Toscana) na Itália, Giovanni Graziano Rossi com 14 anos, registrado no Brasil com o nome de João Rossi, em companhia de seu pai, que faleceu em seguida, vitimado pela febre amarela. João Rossi, ficando só e tendo que prover o próprio sustento, trazia consigo alguma experiência na confecção de cestos (cesteiro) e dedicou-se a esse trabalho.


1895

João Rossi solicita licença à Prefeitura de Petrópolis para vender seus produtos e inicia, como mascate, a venda de cestos, chapéus de palha, tamancos, vassouras.


1918

Iniciou-se um maior crescimento dos produtos Rossi com uma pequena fábrica de vassouras, escovas, pincéis e tamancos.


1933

Sylvio Rossi, filho mais novo de João Rossi, com uma experiência maior sobre a industrialização e venda de vassouras, inicia sua própria Fábrica Vassouras Rossi na Vila Nogueira na Rua Floriano Peixoto.


1952

Falece Sylvio Rossi (filho João Rossi), deixando viúva e quatro filhos pequenos e assume sua esposa Sra Albertina Wayand Rossi.


1960

Início da comercialização da CHAPA ROSSI 010, um dos principais produtos da Rossi até hoje.


1964

Em 1964, Sra Albertina Wayand Rossi e seus filhos iniciaram a nova firma: A. W. Rossi & Cia. Ltda. com o nome fantasia de Vassouras Rossi. Foram criados três anexos, dois no Loteamento Itamarati e um na Floriano Peixoto.


1970

Consolidação da CHAPA ROSSI 010 e outras vassouras.


1980 / 1986

1980 - Começa a construção da nova fábrica em Itaipava. Entre 1980 e 1986, a fábrica continuou no Loteamento Itamarati e durante a construção de Itaipava, esta era usada como depósito.

1986 - Mudança definitiva de toda fábrica para Itaipava.


1993

Falece a grande idealizadora das Vassouras Rossi - Albertina Wayand Rossi. Estando nessa época à frente dos negócios, seus filhos e netos (surge a quarta geração de produtores e vendedores da Rossi).


1995

Rossi deixa de trabalhar somente com fibras naturais e entra na era da tecnologia, com o uso do polipropileno, PET etc, importando, da Itália, máquinas e tecnologia para atender a uma reivindicação de seus clientes e consumidores.


2008

Criação da Distribuidora de Materiais de Limpeza e Higiene - a Betina Soluções em Limpeza.


2010

Em 2010, falece Venício Sylvio, ficando à frente da gestão da empresa Silvio José Ribeiro Rossi e Roxane Maria Ribeiro Rossi filhos de Venício Sylvio e Paulo Sérgio Wider Rossi, filho de Sérgio Wayand Rossi.


2017

Atualmente à frente da empresa estão Silvio José Ribeiro Rossi (filho de Venício Sylvio) e Paulo Sérgio Wider Rossi (filho de Sérgio Wayand Rossi).

Neste ano, ainda, está sendo implementada a coligação das Vassouras Rossi com a Betina Distribuidora.


A Rossi orgulha-se de ser, talvez, a primeira empresa fabricante de vassouras a se preocupar com o fator qualidade, tanto na confecção e no acabamento de seus produtos, quanto na busca permanente de melhores matérias-primas.

Esta verdadeira "caçada" ao que havia de melhor foi que levou a Rossi a trazer da Bahia a piaçava das melhores safras de uma região única no País - o sul daquele Estado - onde aquela palmeira floresce, num dos últimos santuários de mata atlântica existentes no Brasil, em que é possível obter-se a fibra com até 6 metros de comprimento e uma qualidade inalcançável.

Foi também a Rossi, em pesquisa permanente por tecnologia inovadora, uma das primeiras fabricantes a utilizar - piaçava da selva amazônica – fios menos compridos e de filamentos mais delgados do que sua congênere baiana. O que propicia uma vassoura muito mais flexível, que varre sem agredir pisos mais delicados.

Como a vassoura é basicamente uma composição de fios de piaçava e artefatos de madeira, foi ainda a Rossi uma das pioneiras a trabalhar com madeiras como o pinho e o pinus, empregando-os nos cabos e nas cepas que integram suas vassouras.

A Rossi possui um sistema rápido de entrega: a entrega automática. E possui equipe de vendas e frota própria, para poder manter a pontualidade de venda e entrega. Pioneira na colocação de expositores, com equipe preparada de promotores e repositores, a VASSOURAS ROSSI procura sempre valorizar seus produtos em respeito ao seu consumidor final - o cliente que já nos tem como parte da sua vida doméstica.

A Vassouras Rossi, contando desde a fabricação das primeiras vassouras, produzidas uma a uma, até os dias de hoje, completou 122 anos em 12 de Janeiro de 2017, e faz parte da História de Petrópolis.

Com mais de 100 empregos diretos e 400 indiretos, a Rossi faz parte da história de Petrópolis, tendo a quarta geração da família presente no dia-a-dia da Vassouras Rossi, mantendo-a firme na continuidade da realização de sua missão.